quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

O Rapaz Moreno

Saudações!

Hoje passo apenas para compartilhar esse texto...Guardo há muito tempo e retirei de um livro...Achei interessante porque se trata de uma canção escocesa e já que falávamos no último post sobre o amor cortesão...

Como estamos na era digital, joguei no "tio google" para ver se encontrava alguma referência...Nada. Bom, não sei se a dificuldade é da usuária ou se a música não existe...Ainda há a possibilidade da letra da música estar em gaélico...Enfim...Se alguém conhecer...Peço para que me dê um toque através de um comentário! E já agradeço!

O Rapaz Moreno
(Canção escocesa)

" Não subirei montanhas, nem andarei nos campos,
Sufocarei minha voz, não cantarei canções;
E não dormirei nem uma hora,
de segunda a domingo,
Enquanto o rapaz moreno for senhor de meus pensamentos.

Ah, quem me dera estar com o rapaz moreno
No topo do mundo, mesmo sob a tempestade,
No ermo da floresta ou noutro esconderijo;
E não pensarei em outro enquanto for você meu preferido.

Lábios de mel você tem, o amor das mulheres também,
Um beberrão pode ser, e um generoso mão aberta;
Mas nos vales é o caçador mais viril e implacável;
E não pensarei em outro enquanto for você meu preferido.

Meu formoso rapaz moreno, ainda que o julgassem louco,
Eu o desposaria mesmo contra a família inteira;
Eu o seguiria até os confins do universo.
Enquanto o rapaz moreno for senhor de meus pensamentos.

Meu belo rapaz moreno, jamais o deixarei;
mesmo que o visse uma vez só, seria você o meu escolhido.
Ainda que o visse entre cinco mil, saberia quem é o melhor,
Enquanto o rapaz moreno for senhor de meus pensamentos."

E foi uma vez...

2 comentários:

  1. Eu conheço esse poema a mais de 20 anos não sei onde li mas copie para uma agenda que se perdeu. eu o conheci como um feitiço de amor que deveria ser recitado sobre o mar de preferencia no mes de fevereiro. Como sou de fevereiro e meio bruxa numa brincadeira lancei o feitiço sobre o mar no dia do meu aniversario. E conhecidencia ou não Achei meu Rapaz moreno iqual ao poema cerca de um ano depois em circunstancias bem estranhas. rsrsrsrs venho procurando o poema a anos e fiquei muito feliz que mais alguém o conheça. Um beijo da Eliane.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eliane! Sério??? Adorei conhecer sua história! Nunca imaginei que este poema pudesse ser um feitiço!
      Muito bacana. Olha...Acho que vou testar, hein! rsrsrs!

      Pois é. Minhas buscas no google não deram em nada. Não achei referência alguma. Eu, como você, copiei o poema, queria mais informações e nada!! Mas, você já me deu uma boa informação! Obrigada por compartilhar sua história por aqui! =) beijo!

      Excluir